• Facebook
  • Twiiter
  • Instagram
  • Youtube

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES



1) Qual é a missão da É-Paraná?

A É-Paraná – Rádio e Televisão Educativa do Paraná (RTVE) – produz conteúdo com a missão de informar os paranaenses, promover a cidadania e divulgar a cultura do nosso Estado. O material passa por um controle rigoroso de qualidade da informação e de técnica jornalística. Os telejornais apresentados pela emissora veiculam conteúdo que abarca, principalmente, os serviços aos quais o cidadão tem acesso, como saúde, emprego, segurança e educação. Além disso, entrevistas esclarecedoras em estúdio e reportagens especiais, espalhadas pela nossa programação, enfocam a arte em todas as suas vertentes, o esporte amador e profissional e o turismo do Paraná.

2) Como posso saber qual é a programação veiculada pela TV É-Paraná?

Toda a programação pode ser encontrada no nosso site, no endereço http://www.paranaeducativa.pr.gov.br. E nossas mídias sociais – Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat – são atualizadas várias vezes ao dia, com posts que indicam os destaques que vão ao ar. Se você quiser, ainda pode assistir à programação ao vivo pelo próprio site.

3) Como faço para assistir a um programa que já foi ao ar?

No nosso site ou no nosso canal do YouTube, você pode encontrar tudo o que já foi veiculado: os programas jornalísticos, os de cultura e de esporte e também os interprogramas.

4) E da Rádio? Onde encontro a grade da programação?

Também você pode verificar a programação da nossa Rádio no site http://www.paranaeducativa.pr.gov.br. Confira também as mídias sociais para conhecer os destaques do dia e ouça os programas pelo próprio site.

5) Posso ouvir programas antigos da Rádio?

Sim. Os principais programas estão nos podcasts, acessíveis em nosso site. É boa música ao alcance de um clique, onde e quando você quiser.

6) Se eu quiser sugerir uma matéria, como procedo?

Para sugerir uma matéria, é só entrar no nosso site e clicar em “Sugestão de pauta”. Basta informar seu nome, e-mail e a sugestão para uma reportagem que gostaria de ver produzida. Outra forma de contato é ligar para os telefones da TV: (41) 3331-7492, (41) 3331-7570 e (41) 3331-7484.

7) Posso conhecer os espaços da emissora? Como agendo uma visita?

Para fazer uma visita, é só enviar um e-mail para eventos@rtve.pr.gov.br. Agendaremos um horário para receber você e guiá-lo por nossas instalações.

8) O que mais é exibido pela É-Paraná? Este conteúdo chega a todos os municípios paranaenses?

Apesar de também retransmitirmos programas da TV Cultura de São Paulo e da TV Brasil, parte da programação é constituída por blocos de matérias locais, com conteúdos de cultura, esporte, jornalismo e entretenimento paranaenses. Em 2006, iniciou-se a expansão do nosso sinal para todo o território nacional e também para a América Latina, por meio do satélite Embratel C-2 – 1.320 MHz, Horizontal, Banda L.

9) Quantas retransmissoras fazem parte da rede?

Nosso sinal de TV está presente em todo o Paraná, por meio das 45 repetidoras instaladas em todas as regiões do Estado. Desta forma, levamos informação e promovemos a cidadania, ao divulgar ações educativas para a sociedade, bem como as diversas manifestações da cultura paranaense.

10) A É-Paraná também vai passar pelo processo de conversão do sinal analógico para o digital? No que consiste esta mudança?

Os canais abertos de televisão passarão a transmitir suas programações por meio de sinais digitais. Até então, eles transmitiam por meios analógicos, que eram suscetíveis a interferências, chuviscos, perda de cor e baixa definição de imagem. Com a tecnologia digital, a imagem da TV será como a de cinema e o som chegará com mais fidelidade.

11) E quando essa mudança acontecerá?

Existe um cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Em Curitiba e em várias cidades próximas, esta conversão será finalizada em 31 de janeiro de 2018, quando serão desativadas todas as transmissões analógicas.

12) A É-Paraná já se adequou à conversão para o sistema digital?

A partir de 2012, com a aquisição do transmissor digital para a TV, adotamos um contínuo processo de modernização, que será finalizado com a implantação da transmissão integral com qualidade digital da nossa programação para todo o Brasil.

13) Como posso obter maiores informações sobre estas mudanças?

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) criou um site que contém muitas informações sobre a transição analógico-digital que está ocorrendo na TV aberta. É o www.sejadigital.com.br. Existe também um telefone, com ligação gratuita, para as pessoas que desejarem maior detalhamento ou esclarecimento de algo que não esteja explícito no site. Basta ligar para o número 147, que é o da Central de Atendimento da EAD (Entidade Administradora da Digitalização de Canais de TV e RTV).

14) Não tenho recursos financeiros para adquirir um conversor digital para usar em minha TV. Vou ficar sem poder assisti-la?

Não. No site Seja Digital (www.sejadigital.com.br) ou pelo telefone 147, você pode se informar sobre como obter o kit gratuito. A população de baixa renda, beneficiária de Programas Sociais do Governo Federal, terá acesso garantido à TV digital.

15) Posso locar algum dos auditórios do Canal da Música? Quantos são e qual é a capacidade deles? Como funciona a alocação do espaço?

Os espaços do Canal da Música estão disponíveis para alocação. A estrutura compreende o Grande Auditório, com capacidade para 853 pessoas, e o Médio Auditório, com 120 lugares, além do Hall de Exposições, os camarins, a chapelaria e um amplo estacionamento. Para saber mais sobre o Teatro Canal da Música, é só entrar em contato pelos telefones (41) 3331-7513, (41) 3331-7541 ou (41) 3331-7505. Ou ainda enviar um e-mail para eventos@rtve.pr.gov.br.

16) O que é a Feira do Vinil?

A Feira do Vinil é realizada a cada 3 meses, com o objetivo de valorizar e difundir a cultura do vinil. Sua primeira edição aconteceu em agosto de 2011 e cresceu a tal ponto que, nos últimos dois anos, dividimos com São Paulo o título de maior feira do gênero no Brasil. São, em média, 50 expositores, que vêm das mais diferentes regiões do país e que atraem um público de cerca de 6 mil pessoas que circulam pela feira no dia do evento.


17) É uma feira voltada apenas aos amantes do vinil?

Não. A ideia é criar um espaço de lazer para toda a família. E, ao agregar shows, gastronomia e atividades de cunho social, a Feira do Vinil cumpre um papel de fomentador de cultura e educação. Também contribui para a melhoria da qualidade de vida, cidadania e humanização da sociedade paranaense, por meio de parcerias conquistadas pela organização do evento. Como a entrada é livre, praticamos a acessibilidade, ao aproximar a cultura dos cidadãos.

E se quiser saber mais, é só enviar um e-mail para eventos@rtve.pr.gov.br.
Recomendar esta página via e-mail:
  • Transparencia
  • Podcasts das Rádios AM e FM
  • Paraná em Foco